Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina Bandeira Estado de Santa Catarina

Saiba mais sobre o trabalho da Classificação de Produtos de Origem Vegetal da Cidasc

Publicado por JV Ascom em 19/10/2019 - 07:00 | Slideshow Tags:, , , , , , — | 1.473 visualizações

Foto: Ascom / Cidasc

Classificação de Produtos de Origem Vegetal:

Executa serviços de classificação de produtos vegetais e seus subprodutos e resíduos de valor econômico, com a finalidade de atender a legislação e consequentemente o mercado consumidor, facilitando a comercialização, possibilitando a importação e exportação dos produtos dentro dos padrões oficiais de classificação. ?Durante o segundo semestre de 2019, a Divisão de Classificação de Produtos de Origem Vegetal (DICLA) classificou para o mercado interno 20 produtos vegetais?, com destaque, dentre eles, a cebola, arroz?, áleos refinados, feijão e maçã?.

Arroz

Santa Catarina é o segundo maior produtor nacional do grão, o estado espera uma safra de 1,1 milhão de toneladas em 143 mil hectares plantados. O arroz se tornou ainda um importante item da pauta de exportações de Santa Catarina. No último ano, o estado embarcou 83,9 mil toneladas de arroz e derivados. Esse volume equivale a US$ 24,7 milhões. Os principais mercados para o arroz catarinense são: Venezuela, Africa do Sul e Trinidad e Tobago.

A atividade de classificação possibilita:

✅ A seleção de produtos para diferentes usos em função da sua qualidade

✅Diferenciação de preços em função da qualidade

✅ Redução de despesas de embalagens, armazenamento, seguro e transporte Fixação de preços mínimos que contribuem para a estabilidade geral dos preços

✅Impedir a comercialização de produtos inadequados ao consumo humano e animal

✅Preservar a economia catarinense e nacional dos riscos de importação de produtos impróprios ao consumo, ou com padrões de qualidade inferior aos praticados no mercado interno

✅Auxiliar as autoridades fazendárias, tornando segura e adequada a tributação dos produtos agrícolas

✅Detectar e cercear fraudes e contaminações nos produtos, salvaguardando o interesse dos consumidores.

Mais informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação – Cidasc
Fone: (48) 3665 7000
ascom@cidasc.sc.gov.br
www.cidasc.sc.gov.br
www.facebook.com/cidasc.ascom