RESUMO

JOÃO, Cristina Gerber. ICMS-ECOLÓGICO - Um instrumento econômico de apoio à sustentabilidade. 2004. 280f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, UFSC, Florianópolis.
Orientadora: Sandra Sulamita Nahas Baasch. Dra.
A expansão populacional, aliada ao atual modelo de desenvolvimento, é considerada uma das principais causas da crescente pressão que a sociedade exerce sobre os recursos naturais. Buscando garantir a proteção de importantes funções ambientais, essenciais à manutenção da vida na Terra, a humanidade tem criado espaços especialmente protegidos: as unidades de conservação. Elas são vitais para a nossa sustentabilidade, mas impedem que municipalidades gerem recursos fiscais para a sua sobrevivência. Este aspecto dicotômico influencia na forma como a sociedade encara tais unidades; em muitos casos observa-se um estado de hostilidade, entre os dois entes. Para contornar este obstáculo foi proposto um pagamento por serviços ambientais - PSAs - , o ICMS-ECOLÓGICO. O presente trabalho tem por objetivo estabelecer o impacto gerado pela inserção do critério ecológico na consolidação do índice de rateio de ICMS para os municípios que possuem unidades de conservação em seus territórios, com vistas a compensá-los dos prejuízos fiscais derivados da observância da lei de preservação ambiental. Para tal, foi concebida a Avaliação de Sustentabilidade de Unidades de Conservação - Asuc -, que busca avaliar a sustentabilidade de uma UC, com base no bem-estar de seus ecossistemas e da sociedade que com ela mantém uma interface. A pesquisa constitui um estudo multicaso, com aplicação em oito municipalidades constituintes do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro. Os resultados poderão servir como base para determinar a cota-parte de ICMS dos municípios. A avaliação se deu sob a ótica de três cenários diferentes. Estes resultados atenderam aos objetivos da pesquisa e reforçaram o entendimento de que as unidades de conservação fornecem à sociedade serviços ambientais difusos, ficando demonstrado que a inserção destes serviços nas contas das municipalidades aumenta seu volume de receita tributária.
Palavras-chave: Desenvolvimento e Meio Ambiente. Sustentabilidade. Instrumentos de Política Pública. Tributação. Unidades de Conservação.

DOWNLOAD - (ARQUIVO PDF 4.419 kb)

 

INSTITUCIONAL

- Empresa

- Estrutura Orgânica
e Funcional

- Estatuto Social

- Vídeos (novos)
SERVIÇOS
- Laboratorial
- Animal
- Vegetal
- Armazenagem
- Engenharia rural
CURSOS
- Calendário
LICITAÇÕES
- Editais Licitação
LEGISLAÇÃO
- Animal
- Vegetal
- Cidasc
- PIB
ARTIGOS
- Arquivos
CONVÊNIOS
- Convênios
SERVIDORES
- Consulta RH
- ASCIDASC
LINKS
- Lista de sites
PROCESSOS
- Vegetal
Pautas de Julgamento
- Vegetal





  ICMS-ECOLÓGICO - Um instrumento econômico de apoio à sustentabilidade

 

 

    © 2004 - Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina