Arte Ascom/Cidasc

Mesmo sendo o terceiro maior produtor da fruta, Santa Catarina ainda importa cerca de 90% do que consome. Para reverter a balança, o estado procura uma evolução de produção, como que ocorreu com a maçã.

Devido às condições climáticas da região, a Serra catarinense é uma das principais produtoras da fruta no Brasil. Essas condições climáticas favoreceram a qualidade da fruta produzida no estado e, também, forneceram um ambiente para o cultivo de diversas variedades da fruta, como a produção da pera Rocha, uma fruta típica da Costa Central Oeste de Portugal, que vem sendo cultivada em Santa Catarina desde 2003.

Além disso, no oeste catarinense, a Epagri, após 18 anos de pesquisa, lançou uma nova variedade de pera, a SCS421 Carolina. A variedade é o primeiro cultivar de pera japonesa do Brasil, ela também possui uma maior resistência a doenças e boa adaptação ao clima da região Sul. A pera Carolina se difere das demais por ser um fruto muito doce e sabor leve.


Fonte: G1 / Epagri / Agrolink

Mais informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação – Cidasc
Fone: (48) 36657037
ascom@cidasc.sc.gov.br
www.cidasc.sc.gov.br
www.facebook.com/cidasc.ascom/